DENUNCIA

SIND-UEA e eleições: por respeito às urnas

O Sindicato dos Docentes da Universidade do Estado do Amazonas (SIND-UEA), no seu histórico papel de garantidor das eleições para coordenador de curso, diretor e coordenador de qualidade e reitor e vice-reitor da UEA, direito conquistado após anos de luta e articulação, vem a público denunciar grave erro cometido pela administração superior que põe em risco a democracia dentro de nossa instituição. Utilizando-se de uma fórmula matemática eivada de equívocos, distintamente do que foi aprovado em sessão ordinária do Conselho Universitário (Resolução N. 64/2017 – CONSUNIV), que previa a uniformização das eleições tendo como base o pleito majoritário para reitor e vice-reitor, a Comissão Eleitoral Geral feriu de morte o peso dos estudantes, com a grave consequência de distorcer os reais resultados da eleição realizada ontem, 30/11/2017, em diversas Unidades Acadêmicas na capital e no interior. Após detectado o erro e amparado por estudo técnico encomendado pelo SIND-UEA, os cálculos foram refeitos e o resultado é radicalmente distinto do apontado inicialmente. O SIND-UEA, antecipadamente, vem manifestar que não aceitará qualquer manipulação de resultados e que aguarda pronunciamento da reitoria reconhecendo e corrigindo o erro grave e inadmissível. Quando um direito conquistado a duras penas está sob ameaça não há lados opostos, há apenas aqueles que lutam por uma Universidade autônoma e dinâmica, onde a alternância de poder faz parte do processo democrático.